Alternativas mirabolantes

Estilo, soluções incríveis para o uso de descartáveise comidinhas fantásticas. Feira Seleta prova que é muito simples viver num mundo mais saudável

A idealizadora da feira, Flávia Fagundes com o expositor Rodrigo Castro, do Atelier Pau-Brasil e as caixas acústicas de madeira ao fundo

“Eu adorei os seus produtos. Tem um cartão para me dar?”

“Nós não trabalhamos com cartão”.

“Mas por quê?”.

“Para não degradar ainda mais o meio ambiente”.


Esse diálogo aconteceu recentemente durante o evento Feira Seleta, que é realizado todas as quintas no Città Office Mall e oferece produtos orgânicos, veganos e artesanais.


“Se a feira é contra tudo que polui o planeta, eu não posso entregar um cartão de papel. Nosso contato está no cartaz. Você pode fotografar ou passar no QR Code do seu Instagram que entra direto na nossa rede social”, explica para a nossa equipe o dono do estande Ecolorir, Leonardo Rangel. Seu slogan: oferecer uma alternativa sustentável e estilosa para o ofensivo uso dos descartáveis.


E o que não faltam são alternativas mirabolantes como, por exemplo, canudos de aço inox para tomar sucos ou drinques. “Você pode levar o seu próprio canudo para tomar água de coco na praia. Existem ainda os retráteis, que cabem no seu bolso”, comenta Rangel (na foto, abaixo com os canudos). Além dos canudos, há escovinhas para higienização.


“As pessoas que compram e usam, comentam que muitos perguntam sobre a novidade, principalmente as crianças, que acabam alertando os pais. Você ainda vai embora sem deixar lixo na praia. O aço inox não se decompõe e o canudo pode ficar a vida toda com a pessoa”, completa ele, que trabalha também com escovas de dente de bambu e fibras de carvão vegetal. “Além de substituir o náilon, que é um material nada reciclável, o bambu não acumula bactéria e a fibra de carvão tem um alto poder de limpeza”.

As práticas de sustentabilidade, ecologia e alimentação saudável, claro, estão por todos os estandes da Feira Seleta. A começar pela parceria feita pela empresária que pilota o projeto, Flávia Fagundes. Junto com o Instituto Libertas, a feira realiza coleta de resíduo de óleo vegetal.


“Um litro de resíduo de óleo contamina 25 mil litros de água”, explica a empresária, que mantém também um estande no local, o Terra Bruca, comandado pelo seu marido, o economista Alexandre Lucas. Ele vende terrários com uma pegada sustentável.


“São feitos de dormentes de trilho de trem ou ipês e vidros reciclados com plantas suculentas”, explica Lucas. “Essas plantas são ótimas para ambientes com aparelhos eletrônicos, pois elas têm a capacidade de reter a eletricidade do lugar”.


No estande do lado, o Ateliê Pau-Brasil, encontramos o ex-técnico de construções navais, Rodrigo de Castro, que deixou de lado a elaboração de cinco submarinos para viver como marceneiro. Também, pudera, quando ele nasceu, seu pai plantou uma árvore de pau-brasil no quintal de sua casa. As podas, que ele guarda até hoje, viraram belas bijuterias. Com madeiras de demolição que pega pela rua ele constrói cabideiros, abajures, abridores de garrafas e uma interessante caixa acústica que amplifica o som do smartfone.


“Quando encontram madeira em qualquer lugar, me telefonam para ir buscar. Ontem, trouxe uma janela para casa”, comenta Rodrigo.


No quesito gastronomia não faltam amostrinhas de bolos sem açúcar, temperos premiados etc. O suco Relax (maracujá, hortelã, laranja e manga), do estande 4Folhas, não é deste planeta de tão formidável.


“É feito com uma máquina de prensagem a frio, que não oxida a fruta como o liquidificador”, explica o dono do 4Folhas, Guilherme Capobianco. “O suco também não tem adição de água nem de açúcar”, completa. Outra maravilha é o açaí com suco de uva integral e açúcar demerara da baiana Telma Lúcia, servido no quiosque Sabores da Bahia,


Antes de ir embora, que tal levar uns cogumelos? Os vendidos por Sérgio Yabe são cultivados por ele próprio em um terreno no Alto da Boa Vista. PhD no assunto, Yabe dá aula de cultivo de cogumelo e já plantou até shiitake dentro do carro. “Trouxe da Serra da Cantareira e, quando cheguei aqui, eles haviam nascido dentro do veículo”, conta esse filho de japonês, que aprendeu tudo sobre o fungo na terra do sol nascente!


A Feira Seleta acontece todas as quintas-feiras, no Città Office Mall, das 9h às 18h.


Os sucos da 4Folha e um terrário do estande Terra Bruca


Outros expositores e produtos do evento


Aba Cake

Terra orgânica

Sérgio Yabe

Aliv Aromaterapia

Gruta da Liberdade Café

Artes em conserva

© by A Folha do Bosque

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle