Salve a Maiquiele

Musa da Mocidade, aos 24 anos, ela é mãe, empresária, digital influencer e sai no abre-alas da escola que homenageia Elza Soares

Maiquiele Felipiaki

“Lá vai, menina

Lata d’água na cabeça

Esqueça a dor

Que esse mundo é todo seu

Onde a água santa foi saliva

Pra curar toda ferida

Que a história escreveu”.


O trecho do samba da Mocidade Independente de Padre Miguel (penúltima a desfilar na segunda-feira de Carnaval) faz uma alusão a Elza Soares, a grande homenageada da escola em 2020. De acordo com o carnavalesco Milton Cunha, Elza é uma deusa que veio do povo, uma deusa que pode ser e representa todas as mulheres que trabalham, que acordam cedo, que são donas de seu nariz, que não têm medo de nada, que vão para a luta e conquistam.


Agora, vejamos: Maiquiele Felipiaki é uma Deusa, trabalha e acorda cedo, é dona do seu nariz, não tem medo de nada e vai à luta. Coincidência ou não, ela vem como destaque no abre alas da escola.


Moradora da Barra, essa gaúcha está apenas no seu segundo carnaval. Poderia sofrer preconceito pela pinta de gringa e por nunca ter participado da folia na Sapucaí antes de desfilar na mesma Mocidade no ano passado. Com o seu jeitinho, porém, ganhou o respeito da comunidade e da torcida da escola.


Nas ruas de Bangu, onde acontecem os ensaios, sente-se em casa. No seu Instagram, acumula mais de 80 mil seguidores como digital influencer.


“É um presente de Deus na minha vida. Uma menina-mulher, exemplo como mãe, profissional e amiga”, elogia a sua agente artística, Cláudia Magalhães.


Maiquiele é, na verdade, uma bela a serviço da beleza, que é muito bonita e quer deixar todas as mulheres belas também. Não entendeu? Maiquiele tem 24 anos e é modelo desde os 17, é dona de uma agência de modelos, a W Model, faz faculdade de biomedicina e, como modelo de uma clínica de estética, a Rio Arte, realiza todos os tratamentos estéticos para a pele, gordura localizada, celulite e qualquer novidade que apareça. “Sou uma cobaia da estética”, diz a loira, que mesmo com o corpo perfeito, após ser mãe, aos 22 anos, entrou na faca para voltar a forma rapidamente.


O curso na universidade ela faz justamente para trabalhar nesta área. “Gosto de levantar a autoestima das pessoas. Quero abrir uma clínica de estética”, revela.


A capa do impresso de janeiro com a musa


© by A Folha do Bosque

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle