Estácio fecha parceria com Sociedade de Síndrome de Down

Projeto que inclui jovens com SD no mercado de trabalho está com as inscrições abertas

A Estácio acaba de renovar sua parceria com a SSD (Sociedade Síndrome de Down) entidade civil sem fins lucrativos. A instituição de ensino está abrindo suas portas da unidade Tom Jobim (Barra da Tijuca) para o projeto de inclusão social da entidade, cujos alunos aprenderão a administrar o tempo, correlacionando-o ao trabalho e ao lazer. As inscrições para 2ª turma estão abertas e as informações poderão ser obtidas por meio do telefone (21) 2437-9559.


Ao longo da realização do projeto no campus Estácio, na Barra, aproximadamente 20 alunos da SSD aprenderam diversas disciplinas, entre elas: Comunicação, Direitos e Deveres do Cidadão, Finanças - Administração do dinheiro, Leitura e interpretação, Saúde e nutrição, Vida doméstica, Informática, Estudo das emoções, além de oficinas de artesanato e mosaico, dança de salão e dança cigana, meditação, capoeira e teatro.


“A Estácio está muito feliz com o resultado da primeira turma e apostamos muito no sucesso da segunda. Fazemos questão de apoiar esse projeto social que insere jovens com SD no mercado de trabalho. Essa parceria é mais uma iniciativa do pilar Estácio Cidadania do Programa Educar para Transformar”, afirma a vice-presidente de Relações Institucionais e Sustentabilidade da Estácio, Cláudia Romano.


Segundo a presidente da SSD, Marilza Corrêa Wunder, o projeto congrega pais, adolescentes, jovens e adultos com SD. “Nosso principal objetivo é inserir cidadãos com SD na sociedade, principalmente, no mercado de trabalho. Ficamos bem felizes com o apoio da Estácio, pois a infraestrutura da unidade da Barra da Tijuca nos ajudará muito”, comenta ela.

© by A Folha do Bosque

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle