Barra Presente começa a operar dia 30 de novembro

Bairro ganha reforço para a segurança no verão

Policias em no Ipanema Presente

A Barra da Tijuca passará a contar com o programa Segurança Presente e o início da operação está previsto para o dia 30 de novembro. Pelo menos 74 policiais militares e 44 agentes civis vão atuar nos principais pontos de mancha criminal na região, que compreendem o Jardim Oceânico e o Terminal Alvorada. O patrulhamento será feito com 15 policiais a pé, com 24 motocicletas, 48 bicicletas, nove viaturas, dois comboios e uma base operacional.


O reconhecido reforço na segurança, já bem-sucedido em diversos bairros da cidade, é comemorado por moradores e empresários, especialmente pela proximidade com a temporada de verão.


Na manhã desta quarta-feira, o Secretário de Estadual de Governo, Cleiton Rodrigues, e o Deputado Estadual, Carlo Caiado, realizaram, no hotel LSH, a apresentação do Projeto Barra Presente. O presidente da ABIH-RJ e do SindHotéis Rio, Alfredo Lopes, prestigiou a iniciativa, ao lado de representantes de associações de bairros, empresários e moradores.


O custo para a manutenção do Barra Presente é de R$ 17 milhões anuais, financiado pelo governo com a verba de R$ 150 milhões doada pela Alerj. O valor é fruto da economia orçamentária da Casa.

© by A Folha do Bosque

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle