Barra ganha primeira edição do Belgian Day

Câmara de Comércio Belga-Luxemburguesa Brasileira realiza o evento no Campo de Golfe Olímpico com negócios, cerveja, programação cultural e culinária belga

O waffle belga. Ele tende a ser mais volumoso e macio

Que a Bélgica é um país extremamente charmoso e que faz parte do sonho de consumo de viagem para Europa, todo mundo sabe.  Mas que lá, durante o verão é uma verdadeira festa, com muitos festivais de música, arte, gastronomia, cerveja, como o conhecido Tomorrowland, muita gente não sabe.  Para reviver o clima belga deste país, no próximo dia 4 de agosto, o Rio Olympic Golf Course será palco da primeira edição do Belgian Day, uma realização da Câmara de Comércio Belga-Luxemburguesa Brasileira no Brasil e parceria do Belga Hotel & Brasserie.


O evento reúne negócios, cerveja, programação cultural e culinária belga.  Dentro da programação haverá um business meeting com a presença do Cônsul Charlier Jean Paul e participação especial da gastronomia do Belga Hotel & Brasserie, situado no Centro do Rio, que irá oferecer um jantar com os pratos belgas mais famosos do país.


Para completar a programação da noite, haverá apresentação de DJ, música ao vivo com a cantora Luciane Dom, sorteio de brindes e muito mais. No jantar à la carte, os participantes terão a oportunidade de apreciar uma culinária rica e cheia de sabores, de pratos, como: Moules & Fritas, famosos mexilhões com batatas fritas, que vem em caçarolas de ferro acompanhados de molhos especiais (R$ 80).


Duas iguarias muito consumidas pelos belgas. Os mexilhões costumam ser pescados no mar do Norte. Já as batatas fritas foram introduzidas na Bélgica pelos espanhóis nos séculos XVI e XVII e se tornaram a base da alimentação belga: toda refeição conta com batatas fritas, geralmente acompanhadas de maionese ou outro molho cremoso.


Outro destaque será o prato chamado Carbonade Flamande (carne cozida na cerveja Trappist Dubbel com especiarias), Kip Archiduc com fritas (frango assado com molho de cogumelos frescos e flambados), ambos ao preço de R$ 55. Uma novidade será o waffle (em neerlandês, wafel e, em francês, gaufre), que consiste de uma massa de farinha, leite e ovos tostada em uma chapa quadriculada de ferro. Os waffles belgas tendem a ser mais volumosos e macios. Geralmente têm cobertura apenas de açúcar de confeiteiro, porém virá com versões para lá de especiais, ao preço a partir de R$ 15. Originalmente, os waffles eram produzidos para servir de hóstia na missa.


Já o chocolate belga é um capítulo à parte, não é à toa que é considerado como o melhor do mundo. Segundo fontes da Wikipédia, a Bélgica conheceu o chocolate quando estava sob domínio dos Habsburgos espanhóis, nos séculos XVI e XVII. Os espanhóis trouxeram o chocolate de suas colônias americanas e os belgas se tornaram mestres em sua confecção. Os mais típicos chocolates belgas são o amargo e o recheado, este último chamado praline.


E para acompanhar tudo isso, uma variedade de chopes artesanais estilo belga, como Trappist Single, Witbier e Belgian Pale, dentre outras. As cervejas belgas são consideradas as melhores do mundo e muitas marcas já são famosas internacionalmente, e conhecidas por aqui, como a Delirium, porém o destaque entre as cervejas belgas fica por conta da famosa cerveja belgaLambic, típica da região de Lembeke, em Bruxelas, que é realmente, única devida a sua fermentação espontânea.


Belgian Day

4 de agosto – das 15h às 22h

Local: Rio Olympic Golf Course

Av. General Moisés Castelo Branco Filho, 700 – Barra da Tijuca

Campo Olímpico de Golf

Reservas: (021) 97195-7682

Ou riodejaneiro@belgalux.com.br

Ingresso beneficente: R$ 30

Jantar: 18h às 22hs

© by A Folha do Bosque

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle