Autoestima é melhor que beleza

Musical “Pimentinha - Elis Regina para crianças” aborda os medos impostos pelos padrões atuais de beleza

Juliana Vasconcelos está cantando no chuveiro. É um concurso de música do programa “Gente inocente”, no ano de 2002. Na época, com 12 anos, ela vence a disputa e fica fixa no programa como cantora. Elis Regina, um dos maiores nomes da história da MPB, também começou com apenas 11 anos quando cantou pela primeira vez na Rádio Farroupilha, no Rio Grande do

Sul. Estreando no programa Clube do Guri, logo foi contratada pela emissora, em 1959. Quatro anos antes, entretanto, Elis havia participado do mesmo programa quando travou! Segundo o apresentador, o nervosismo era visível na menina e ela acabou tendo uma hemorragia nasal durante a transmissão. A criança estrábica e tímida que se escondia atrás dos óculos fundo de garrafa e que se transformou no furacão da MPB é retratada agora no musical “Pimentinha – Elis Regina para crianças”. A peça, que aborda a importância da autoestima e questiona os padrões de beleza impostos às mulheres, chega ao palco do Teatro Multiplan, no shopping Village Mall, a partir do dia 2 de abril, com sessões aos sábados e domingos, às 16h. No papel principal, aquela garota que ganhou o concurso no chuveiro lá do começo do texto. Seu nome artístico agora é Jullie. Ela é atriz, compositora e vive a Pimentinha na peça.


Na plateia, na estreia do espetáculo, na Zona Sul, as lágrimas descem pelo rosto de “um senhor de camisa azul”, identificado assim pelo diretor da peça, Diego Morais. “É o meu pai”, diz Jullie. “Foi ele que me deu uma coleção de vinis da Elis”, recorda a atriz, que visitou o passado da cantora para viver a personagem. “Entrei em contato com a minha criança que, assim como a Elis, gostava muito de cantar. Quando eu era pequena a Elis fazia parte do meu repertório e me chamava a atenção a força de suas interpretações”, comenta.


O musical mostra a história de Lilica, uma menina apaixonada por música e que faz de tudo para sua mãe levá-la a um concurso de jovens talentos no rádio. Chegando lá, a garota de óculos e cabelo desgrenhado se sente intimidada pelo visual que a impõem. Em busca de sua própria essência, Lilica desafia os padrões de beleza e mostra que toda pessoa é linda quando dá espaço para sua real personalidade.


“Buscamos inspiração nos primeiros passos de Elis como artista, para trazer

ao palco a importância de assumir sua personalidade desde cedo”, comenta o autor Pedro Henrique Lopes.

“É impressionante como as crianças se identificam e, inclusive, cantam as músicas”, conta Jullie, referindo-se a trilha sonora com “Fascinação”, “O bêbado e a equilibrista”, “Como nossos pais”, entre outros sucessos. “Teve uma criança que não queria sair do teatro quando a peça acabou”, recorda.


O espetáculo faz parte do premiado projeto ‘”Grandes músicos para pequenos”, que já apresentou nomes de peso da MPB para as novas gerações, como Luiz Gonzaga, Braguinha, Milton Nascimento, Caetano Veloso, Gilberto Gil e Raul Seixas.


Pimentinha - Elis Regina para crianças

De 02/04 a 01/05.

Sábados e domingos, às 16h.

Ingressos: entre R$ 120 e R$ 40. Classificação: Livre.

Teatro Multiplan – VillageMall.

Avenida das Américas, 3900.

Tel.: (21) 3030-9970.


De Pedro Henrique Lopes. Dir. Diego Morais. Dir. Musical Guilherme Borges. Com Jullie, Erika Riba, Lucas da Purificação, Stephanie Serrat, Layla Paganini e Pedro Henrique Lopes.