A cura através da terapia floral

Em seu consultório no Downtown, terapeuta trata da baixa autoestima, estresse, pânico, entre outros problemas de seres humanos e animais

Depressão, estresse, insônia, baixa autoestima, pânico, ciúme excessivo... Se você sofre com algum desses e outros problemas, a terapia floral pode te ajudar. Sem contraindicação, sem efeitos colaterais e compatível com outros tratamentos, as essências florais têm o seu uso reconhecido em mais de 50 países, é aprovada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e, desde 1956, é considerada como terapia complementar


“A doença nada mais é do que a somatização dos nossos estados psíquicos em desarmonia. Quando entramos em contato com os Florais adequados, a energia contida neles inunda o ser, transformando o que se encontrava desalinhado e propiciando o equilíbrio energético”, explica a terapeuta floral, Andréa Vieira de Melo (f0to abaixo), que atende em seu consultório aqui na Barra.


Através de uma anamnese específica e uma longa conversa, Andréa escolhe os Florais de Bach adequados para cada paciente. “A minha função como Terapeuta Floral é auxiliar a pessoa que deseja alinhar o seu emocional, identificando a raiz do problema”, comenta a terapeuta.


Criado em 1930 pelo médico inglês Dr. Edward Bach, a terapia também é ótima para ser utilizada em animais. Os florais atuam preventivamente em situações como ansiedade por separação (quando os donos saem para trabalhar ou tiram férias); barulho, chegada de um bebê, ou medo de ir ao veterinário.


O sistema descoberto por Bach contém 38 essências florais. Cada uma delas para um estado emocional e mental específico, abrangendo todos os sentimentos humanos, e ainda uma combinação de cinco florais chamada de Rescue Remedy, concebida para ser usada em situações emergenciais.





© by A Folha do Bosque

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle